Facebook
FoneFone: (49) 3361-3110

Com falsa promessa de emprego, casal alicia mulheres para prostituição e é condenado no oeste catarinense

Em São Carlos, um casal que aliciava mulheres e adolescentes com falsa oferta de empregos, foram condenados a pena de quatro anos e seis meses de reclusão, em regime semiaberto, e pagamento de 22 dias-multa no valor unitário de 1/30 do salário mínimo.

Duas mulheres e uma adolescente de 16 anos eram mantidas pelo casal em regime similar a escravidão, obrigadas a fazer programas sexuais contra a vontade sob ameaça de morte, e a limpar a casa, sem direito a contatos externos e sem ganhar nada por isso.

As vitimas ficaram refém em uma casa, distante da cidade e sem vizinhança, perto apenas da construção de uma hidrelétrica.

Conforme os autos, já na primeira noite os réus obrigaram as vítimas a se prostituírem e, diante da recusa, elas teriam sido ameaçadas de morte.

Os réus recorreram a instancias superiores, mas as sentenças foram mantidas.



NEWSLETTER

Assine a nossa newsletter para receber as novidades da nossa Super Condá!


Fale conosco

Entre em contato conosco, envie suas sugestões.

(49) 3323-5177
(49) 3323-2122