Facebook
FoneFone: (49) 3361-3110

Depois de recordes em 2017, a safra de cereais, leguminosas e oleaginosas de 2018 pode cair cerca de 5,2%.

Depois de recordes em 2017, a safra de cereais, leguminosas e oleaginosas de 2018 pode cair cerca de 5,2%.

Os dados são da estimativa apresentada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE.

Segundo a publicação, a safra deste ano deve produzir mais de 228 milhões de toneladas, abaixo dos mais de 240 milhões registrados em 2017.

De acordo com o levantamento do IBGE, no comparativo com o ano, produções como a de soja devem alcançar o recorde do ano passado, com cerca de 116 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 0,7% em relação ao último ano.

Produções como as de milho e arroz, entretanto, não devem repetir o desempenho do ano passado e podem apresentar quedas consideráveis em 2018.

No caso do milho, a diminuição deve ficar em torno de 15%, enquanto o arroz deve ter uma queda de 7%, segundo o IBGE.

O impacto dessa queda produtiva deve chegar ao consumidor, que pode sentir a mudança no bolso.

Na prática, outros itens que dependem dos grãos para serem produzidos, como a carne, podem ficar mais caros.

Como a principal cultura que foi prejudicada foi o milho, e o milho chega na mesa do consumidor através da carne de frangos e suínos, nós vemos que sim.



NEWSLETTER

Assine a nossa newsletter para receber as novidades da nossa Super Condá!


Fale conosco

Entre em contato conosco, envie suas sugestões.

(49) 3323-5177
(49) 3323-2122