Facebook
FoneFone: (49) 3323-5177 | (49) 3323-2122

governador Carlos Moisés da Silva fez a leitura da mensagem anual na Assembleia Legislativa e pede apoio dos poderes para reduzir custos dos estado

O governador Carlos Moisés da Silva fez a leitura da mensagem anual na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (5).

O ato abriu os trabalhos no Parlamento catarinense.

Entre os pontos destacados no discurso, estão as diretrizes do novo governo: eficiência, transparência e integridade, qualidade, agilidade, simplicidade e inovação

O governador do estado, Carlos Moisés da Silva, ressaltou algumas medidas que estão sendo tomadas para economizar e falou sobre o polêmico repasse de 15% para a Saúde.

O governador pede entendimento entre executivo e legislativo para o bem dos catarinenses.

O governador anuncia a prioridade em enxugar o estado, reduzir despesas. Hoje o déficit é de R$2,5 Bi, enfatiza Carlos Moisés, que pede o apoio dos demais poderes para também economizar.

O governador renovou na Assembleia Legislativa as medidas já anunciadas para iniciar o que denomina Pacto por Santa Catarina, na economia da coisa pública. A venda das aeronaves R$ 14 Mi, redução de R$ 922 MI,  comissionados R$ 92 MI, pregão eletrônico R$ 40 MI; um plano de compras e centrais de compras e gerenciamento de recursos humanos para economizar dentro do que denomina o governador de Pacto por Santa Catarina.

Quanto ao repasse de 15% para a saúde, o Governador Carlos Moisés, justifica o bom uso dos recursos e credita a desvios e conchavos a falta de recursos para o setor.

E por fim, o governador admite uma CPI da infindável obra de recuperação da ponte Hercílio Luz.



NEWSLETTER

Assine a nossa newsletter para receber as novidades da nossa Super Condá!


Fale conosco

Entre em contato conosco, envie suas sugestões.

(49) 3323-5177
(49) 3323-2122