CONTATO

  • (49) 3323-5177
  • (49) 3323-2122
  • (49) 3323-0516

Destaque

Fotografia destaque

26/09/2017

Chuva com granizo causa alagamentos em Xaxim, Xanxerê e Ponte Serrada. Chapecó não registrou ocorrências por causa da chuva...

Últimas
da
Chape

SC tem 86% dos auxílios-doença cancelados

Notícia postada em 11/05

Em Santa Catarina foram cancelados, pelo governo federal, 6.721 auxílios-doença. Isso gerou para os cofres da União um total de R$ 111,7 milhões na economia.

A investigação, ou pente-fino como é conhecida, começou em julho no ano passado, depois que o governo identificou 101,5 mil catarinenses que eram beneficiados por determinação judicial sem que antes passassem por uma avaliação médica nos últimos dois anos.

O Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) vai convocar 28.076 catarinenses que recebem o auxílio e que não consta perícia médica há mais de dois anos. Até então foram convocados, por cartas, 19.334 pessoas que recebem o auxílio, e realizadas 6.894 perícias. O pente-fino já cancelou, após a perícia, 5.931 benefícios, ou seja, 86% dos que passaram pela perícia tiveram o auxílio-doença cancelado. Além da perícia, foram cancelados 790 benefícios de cidadãos que não compareceram ao serem convocados. 

 Aposentados por invalidez e beneficiários de auxílio-doença que não fazem a perícia há mais de dois anos vão ser convocados por meio de cartas. Após receber o aviso, os beneficiados devem agendar a perícia em até cinco dias pelo telefone 135 da Previdência Social (a ligação é gratuita). No dia da perícia será necessário levar documentos pessoais como: RG e CPF, assim como toda documentação médica como atestados, laudos, receitas e exames. Quem não comparecer a data agendada poderá ter o benefício cancelado até regularizar a situação.

 

Fonte: Diário Catarinense 

Conteúdo disponível sob Licença Creative Commons     |     Desenvolvido por Infoway Soluções em Informática