CONTATO

  • (49) 3323-5177
  • (49) 3323-2122
  • (49) 3323-0516

Destaque

Fotografia destaque

14/11/2017

Chape vence o Santos por 2 a 0 e abre oito pontos do Z-4. Os gols do verdão foram marcados por Wellington Paulista e Arthur Caike

Últimas
da
Chape

Comentário Ivan Carlos

Notícia postada em 04/09

UMA SEMANA DECISIVA!

Com o retorno da Europa a Chape deve iniciar um verdadeiro mutirão para salvar a temporada alcançando seu principal objetivo. Penso que o Presidente deve sentar com os conselhos constituídos e abrir um diálogo franco na busca do objetivo que é de todos. É preciso ouvir os mais próximos, aqueles das horas difíceis e decidir com a razão, de maneira profissional. A Chapecoense ainda não é um Clube Empresa, é um clube que pertence a uma região, a um conselho, aos milhares de sócios e, milhares de torcedores. Tendo isto em mente, não será difícil promover mobilização para buscar as sete vitórias que nos separam da permanência. Conversa franca, com transparência e decisões em conjunto nesta hora podem fazer muito bem ao Clube.                       

DEVEM JOGAR OS QUE MERECEM!

Em relação ao futebol, que não venham de novo falar em falta de tempo e reconstrução. Tiveram tempo e dinheiro. Agora é preciso provar que o produto comprado é bom. Que o técnico escale certo e os que fazem por merecer. Não se pode colocar em risco a instituição por teimosia ou proteção a este ou aquele. O primeiro desafio vem aí. A contagem regressiva das rodadas do brasileiro também. Resposta em campo já. E em relação à torcida, está não pertence a ninguém, mas sim ao clube. Vai continuar fazendo sua parte.

LANCES:

*Lucas Mineiro foi o destaque entre os garotos da base no amistoso com o Roma.

*Foi muito bem citado pela crônica esportiva daqui.

*Não entendi a entrada do Tiepo somente no final do jogo.

*Entre os Perottis, o do Roma jogou muito.

*Lamentado até pelos promotores a fraca presença do público.

*Hoje iniciamos nossa viagem de retorno.

*Como último lance desta coluna quero lembrar aos descontentes com a imprensa.  Também sofremos perdas com a tragédia, com muito trabalho estamos buscando nossa reconstrução e aperfeiçoamento.

*Mas entendemos que as verdadeiras vítimas são os que se foram e seus familiares que hoje sentem e choram as suas faltas.

 

 

 

Conteúdo disponível sob Licença Creative Commons     |     Desenvolvido por Infoway Soluções em Informática