Facebook
FoneFone: (49) 3361-3110

Pecuaristas do Rio Grande Sul pedem status de área livre de aftosa sem vacinação

Os pecuaristas do Rio Grande do Sul pediram ao secretário executivo do ministério da Agricultura, Eumar Novacki, a antecipação da retirada da vacina contra a doença da febre aftosa do rebanho gaúcho.

O secretário explicou que o Mapa está tratando do assunto, mas que o estado ainda precisa fazer uma série de procedimentos até chegar à fase de auditoria que precede a retirada da vacina.

Trata-se de um processo longo, bastante burocrático e moroso, que deve demorar um pouco para acontecer.

O secretário foi recebido na Farsul, que é a federação da Agricultura do Rio Grande do Sul, pelo diretor administrativo da federação e por entidades ligadas ao setor de Proteína animal, onde foram discutidos temas do segmento como sanidade animal e comércio internacional, além da febre aftosa.



NEWSLETTER

Assine a nossa newsletter para receber as novidades da nossa Super Condá!


Fale conosco

Entre em contato conosco, envie suas sugestões.

(49) 3323-5177
(49) 3323-2122